sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Comida muito antiga!



Foi um mês inteirinho viajando e vendo o que é que essa gente come por aí. Fui pelo oriente (norte da Índia), e oriente médio, (Turquia).
Tenho tanta coisa prá contar que vai ter que ser aos poucos e a partir do final da viagem que está mais próxima. Então, prá começar, preciso contar que em alguma caverna da região da Capadócia, na Turquia, está registrado a origem das primeiras cozinhas mais estruturadas que se tem notícia na história da humanidade, que eu conheço. Buracos no chão onde iam  potes de barro em cima do fogo, buracos maiores onde se cozinhava diretamente o alimento sobre a brasa no chão, grandes buracos em níveis diferentes onde se espremia a uva cujo suco caia diretamente no buraco ao lado pela canaleta esculpida na rocha, e lá fermentava até virar vinho. E buracos enormes onde se estocavam alimentos. E mesas e bancos esculpidos na pedra. Tudo dentro de cavernas onde o povo morava...Dá prá acreditar? Faz muito tempo que as cozinhas estão sendo pensadas...

Vi muitas dessas por lá. Umas mais simples, outras mais "sofisticadas", mas eram muitas...O mais chocante é que até os dias de hoje essas estruturas são utilizadas para armazenamento de alimentos. Como a temperatura nas cavernas é constante - 16 graus - é nelas , dentro das montanhas, que se estoca mantimentos por até seis meses. Acredite se quiser, mas fiz a foto do depósito de batatas para eu também poder acreditar no que estava vendo...


E comi a seguinte delicia: legumes, queijo e bulgur ( é trigo, mas parece arroz, porém muito mais saboroso), cozidos em cima do braseiro, dentro de um pote de barro fechado com massa de pão . Prá poder comer tem que quebrar o pote... e  depois do espetáculo, lá está sua maravilhosa comida! Qualquer semelhança com um longínquo passado não é mera coincidência...E , se fosse, seria uma deliciosa "coincidência"...

Um comentário:

Marcelo Gaffa disse...

E aí Má, já se refez do fuso horário? Saudades...