quarta-feira, 20 de março de 2013

Bananas carameladas




Coisa boa, a gente tem obrigação de dividir e multiplicar. Já falei aqui do restaurante asiático que mais gosto: se chama Yoshi, fica em São Francisco Xavier, do chef Thompson Lee e vale a viagem. O Thom é daquelas pessoas mais generosas que conheço. Toda semana encara aviões e estradas rumo a várias universidades Brasil afora para dividir o muito que sabe com seus alunos. E seu Yoshi, aos pés das montanhas, aguarda que ele retorne com as compras feitas em São Paulo ao desembarcar da semana dura. O retorno para pegar a estrada de volta para casa também tem trabalho no meio do caminho. Ao contrário do que a mídia apresenta, vida de dono de restaurante e chef de cozinha não é nem um pouco glamourosa. É uma vida de trabalho duro.
Quando chego lá, sinto a alegria de quem sabe que do outro lado do balcão tem alguém que entende minha alma faminta de delícias. E só lamento ter poucas chances... se escolho comer uma coisa significa que vou estar perdendo outras tantas, mas isso é a vida. Uma vez, ainda vou ficar uma semana em São Francisco só sendo comensal do Thompson, um dia depois do outro.
Desta vez, ao invés de contar as maravilhas, tenho o link do programa Brasil no Prato, da Carla Pernambuco, que convidou o Thompson para fazer uma iguaria maravilhosa e deliciosa: bananas carameladas com sorvete de creme. A textura do invólucro de caramelo do Thom é incomparável. Tenta fazer e depois me conta. Algum dia vou tentar com outra fruta. Gosto de continuar sem saber fazer com bananas, pois o prazer que sinto em comer as que ele faz não permite a ousadia. Anote aí: final de semana em São Francisco Xavier para comer no Yoshi e também ver as montanhas e comprar doce de leite no Urupês, em Monteiro Lobato a caminho da comilança.

Um comentário: